A Umbanda

A Umbanda é uma religião fundada há pouco mais de 100 anos no Rio de Janeiro. Espiritualista, monoteísta (acredita em um Deus, chamado de Olorum pelos umbandistas), e magista. Baseia-se no culto às divindades e trabalhos espirituais, sem deixar de cultuar a Deus, que para os umbandistas é o Princípio de todas as coisas.

Tem na sua base de formação os cultos afros, os cultos nativos (indígenas), a doutrina espírita kardecista, a religião católica, um pouco da religião oriental (budismo e hinduísmo) e também da magia, pois é uma religião magística por excelência, o que a distingue e a honra, porque dentro dos seus templos a magia negativa é combatida e anulada pelos espíritos que neles se manifestam incorporando nos seus médiuns.

Acredita na imortalidade do espírito, na existência do mundo sobrenatural e na capacidade de os “mortos” interferirem na vida dos encarnados.

A Umbanda reúne num mesmo espaço (a tenda) o culto às divindades naturais regentes do planeta (os orixás) e as práticas religiosas realizadas pelos espíritos que incorporam nos médiuns e dão consultas, orientações, esclarecem, desfazem magias negras, afastam obsessores, desmancham trabalhos feitos (despachos), desenvolvem a mediunidade de pessoas possuidoras desse dom, falam em nome dos orixás (das divindades), são manifestadores de mistérios e de dons, etc.

Mediunidade de incorporação na Umbanda

Mediunidade de incorporação na Umbanda

Os guias de Umbanda são espíritos altamente preparados para assumir a guarda de seus filhos (médiuns). Têm extrema afinidade e conhecimento das manipulações de elementos da natureza e processos magísticos, motivo pelo qual possuem toda uma variedade de recursos, como o uso do fumo, das velas, pontos riscados, ponteiros, otás, pedras e cristais, guias, banhos, defumações, etc.

A umbanda é um trabalho de resgate das religiões e tradições naturais, assentado na mediunidade de incorporação e com origem nos próprios orixás, os quais aparecem de forma renovada, como Divindades de Deus, presentes em tudo e em todos os lugares e, por isso, vistos como “Forças de Deus na Natureza”, tendo nos seres encantados e nos espíritos sua manifestação mediúnica.

A Umbanda tem em suas práticas um trabalho caritativo (de caridade) e isento de cobranças de ordem material.

Os fundamentos da umbanda são:

fonte: Livro Doutrina e Teologia de Umbanda Sagrada – Rubens Saraceni

Agenda do Mês

ATIVIDADES SUSPENSAS

Mais informações

Doações

Vivencer

Em colaboração com o Projeto Vivencer, arrecadamos alimentos para famílias necessitadas.

Redes Sociais